top of page
  • Foto do escritorStephanie Assimakopoulos Garófalo

Endodontia: o tratamento de canal


A endodontia é uma área da odontologia especializada no tratamento do sistema de canais radiculares, popularmente conhecido como "tratamento de canal".

Uma parte fundamental da endodontia é o diagnóstico preciso de problemas relacionados à polpa dental e aos tecidos ao redor das raízes dos dentes. Na clínica geral, o dentista realiza exames clínicos e radiográficos para identificar a necessidade de um tratamento endodôntico. Com o uso de tecnologias modernas, como radiografias, tomografias digitais e imagens de alta definição, é possível obter um diagnóstico rápido e preciso.

O procedimento clínico envolve a remoção da polpa infectada ou danificada, a limpeza cuidadosa dos canais e o preenchimento com material biocompatível. Apesar de ser geralmente associado a sensações desconfortáveis, técnicas atuais e avança

das de anestesia e, até mesmo, sedação podem tornar o tratamento de canal praticamente indolor.

Um dos maiores benefícios da endodontia é a preservação do dente natural.

Em casos de polpas inflamadas, infeccionadas ou necrosadas, o tratamento endodôntico pode evitar a extração do elemento dental.

Manter os dentes naturais é muito importante para manter a função mastigatória, estética do sorriso e a saúde geral da boca. É também uma opção menos invasiva se comparada com a substituição por implantes ou próteses dentais.

Após o tratamento endodôntico o dente será reabilitado com restauração ou coroa, dependendo do remanescente dentário. Essa etapa é essencial para proteger e fortalecer o dente, permitindo que ele desempenhe suas funções com eficiência e segurança.

Se você está enfrentando dor de dente persistente, sensibilidade ou qualquer outra preocupação relacionada à polpa dental, consulte um dentista.

Comments


Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Nenhum tag.
Siga
  • Facebook Basic Square
bottom of page