• Stephanie Assimakopoulos Garófalo

Odontopediatria: já ouviu falar de pré-natal odontológico?

O odontopediatra não é somente o profissional que cuida da saúde bucal das crianças: ele também pode acompanhar a gestante durante o pré-natal odontológico e contribuir para a saúde da mãe e do bebê de forma geral.


Vamos conhecer um pouco mais sobre o pré-natal odontológico?


O QUE É O PRÉ-NATAL ODONTOLÓGICO?


São atendimentos odontológicos que acontecem ao longo dos nove meses da gestação, com visitas ao Odontopediatra recomendadas a cada três meses (ou sempre que necessário). Essas consultas visam contribuir para a saúde da gestante e do bebê, já que o profissional irá prevenir ou tratar as doenças orais da gestante e orientá-la sobre diversos assuntos, tais como:

  • a importância da amamentação para o desenvolvimento facial do seu bebê;

  • em qual momento devemos trazer a criança ao dentista;

  • hábitos de sucção não nutritivo (uso de chupetas);

  • alimentação (consumo consciente de açúcares);

  • fase oral;

  • como realizar a higiene oral e quando devo começá-la;

  • cronologia de erupção da dentição.


POR QUE É IMPORTANTE REALIZAR O PRÉ-NATAL ODONTOLÓGICO?


Sabemos que durante a gestação, é muito comum que a paciente apresente quadros de gengivite (gengivas sangram ao toque), que são agravados devido às alterações hormonais durante esse período. Além disso, é comum durante a gravidez o aumento de náuseas e vômitos, que podem causar danos às estruturas do dente, caso não sejam tratadas. Por isso, as gestantes não só podem como devem fazer um acompanhamento odontológico durante os nove meses.


TRATAMENTOS DURANTE O PRÉ-NATAL ODONTOLÓGICO


A realização de tratamentos odontológicos durante a gravidez são recomendados somente em caso de real necessidade. Confira algumas recomendações específicas para cada período da gestação:

- 1º trimestre: os três primeiros meses são considerados os mais críticos. Por isso, deve-se evitar tratamentos invasivos;

- 2º trimestre: são os meses mais tranquilos que permitem tratamentos, caso o dentista veja necessidade para tal;

- 3º trimestre: devido ao desconforto provocado pela posição de atendimento, pode se tornar um momento mais difícil para realizar procedimentos longos.


PRÉ-NATAL APÓS A CHEGADA DO BEBÊ?


Caso o tratamento não possa ser concluído no período da gestação ele deverá ser finalizado após o parto, com todos os cuidados necessários. E, sim: após o nascimento os bebês são bem-vindos às consultas, visto que existem uma série de cuidados referentes à higiene na cavidade bucal que devem ser considerados. Estas visitas são importantes também para detectar alterações e características próprias de cada indivíduo, como por exemplo um freio lingual muito curto que prejudique a amamentação.


ODONTOPEDIATRIA NA GARÓFALO ODONTOLOGIA


Na Garófalo Odontologia você já pode realizar o pré-natal odontológico e cuidar da saúde bucal do seu pequeno, recebendo todo o cuidado e orientações necessárias.


Aproveite, entre em contato e marque uma consulta!

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Nenhum tag.
Siga
  • Facebook Basic Square
 
WhatsApp